O Colégio

João Bosco (1815-1888)

Beatificado em 02/06/1929 - Canonizado em 1º/04/1934

Nascido em Castelnuovo d'Asti, no dia 16 de agosto de 1815, Dom Bosco foi educado pela mãe na fé e na prática coerente da mensagem evangélica. Com apenas nove anos, teve um sonho com Maria Auxiliadora e intuiu que deveria se dedicar à educação da juventude. Ainda garoto, começou a entreter os meninos de sua idade com brincadeiras alternadas com trabalho, oração e instrução religiosa. Foi ordenado sacerdote em 1841 e escolheu como programa de vida: "Da mihi animas cetera tolle" (Gn 14,2 1). Começou o seu apostolado no meio dos jovens mais pobres, fundando o Oratório e colocando-o sob a proteção de São Francisco de Sales.

Com seu estilo educativo e a sua práxis pastoral, baseados na razão, na religião e na "amorevolezza" (amor demosntrado), Dom Bosco levava os jovens à reflexão, ao encontro com Cristo e com os irmãos, à educação da fé e à sua celebração nos sacramentos, ao compromisso apostólico, civil e profissional.

Aos seus filhos salesianos, deixou em herança uma forma de vida religiosa simples, mas solidamente fundada nas virtudes cristãs, na contemplação na ação e sintetizadas no binômio "trabalho e temperança". Escolheu entre seus jovens os melhores colaboradores de sua obra, dando origem à Sociedade de São Francisco de Sales. Junto com Santa Maria Domingas Mazzarello, fundou o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora; e, com bons e ativos leigos, homens e mulheres, criou os Cooperadores Salesianos, para ajudar e apoiar a obra da educação da juventude, antecipando assim novas formas de apostolado na Igreja.

No Centenário de sua morte, que aconteceu no dia 31 de janeiro de 1888, João Paulo II o declarou e proclamou Pai e Mestre da juventude. Seu corpo repousa na Basílica de Maria Auxiliadora, em Turim.

Oração a São João Bosco

Necessitando de especial auxílio, com grande confiança recorro a vós, ó São João Bosco. Preciso não só de graças espirituais, mas também de graças temporais, e principalmente...(Pequena pausa para se pedir a graça que se deseja.)
Vós que tivestes tanta devoção a Jesus Sacramentado e a Maria Auxiliadora, e que tanto vos compadecestes das desventuras humanas, alcançai-me de Jesus e de sua celeste Mãe a graça que vos peço, e mais: resignação inteira à vontade de Deus. Pai-Nosso, Ave Maria e Glória.

Recado de Dom Bosco aos pais

  1. Valorize o seu filho: o jovem progride e amadurece quando é respeitado e estimado.
  2. Acredite no seu filho: mesmo os jovens mais difíceis trazem bondade e generosidade no seu coração.
  3. Ame e respeite o seu filho: "se você quer ser amado por alguém, ame-o antes", dizia D. Bosco. Mostre a ele que você está do seu lado, que você o ama, assim como Deus ama a gente.
  4. Elogie seu filho sempre que puder (e ele merecer): os jovens precisam de elogio e estímulo para prosseguir no caminho certo.
  5. Compreenda o seu filho: coloque-se na ótica dele, perceba se ele não está perdido, desesperado precisando de você, esperando apenas um toque seu.
  6. Alegre-se com o seu filho: os jovens são fascinados por um sorriso. A alegria e o bom humor atraem os jovens como mel.
  7. Aproxime-se do seu filho: estar por perto evita males maiores, pois dá, a você pai, a oportunidade de aconselhar e corrigir na hora certa.
  8. Seja coerente com seu filho: não exija aquilo que você também não é capaz de cumprir.
  9. Prevenir é melhor que castigar o seu filho: "a força corrige o vício, mas não corrige o viciado." Quando você e seu filho estão discutindo sobre alguma coisa, pense duas, três, sete vezes antes de castigar seu filho. Nunca com raiva.
  10. Reze com seu filho: no princípio pode parecer careta, mas quem ama e respeita a Deus, vai amar e respeitar o seu próximo.

Diferenciais

Ensino